CHAT :RADIOFMESPERANCANOSSA

Administradores ModeradoresMembrosVisitantesOfflineBanido


Get your own Chat Box! Go Large!
Radiofmesperaçanossa

Siga Este Blog !!

Ola ! A Paz Do Senhor , Gostaria De Agradecer A Voce Que Ja E Seguidor Do Nosso Blog , E Gostaria De Pedir A Voce Que Ainda Nao E Pra Fazer Parte Deste Grupo !! VAMOS LA , RUMO AOS 200 SEGUIDORES !!

Facebook

Pesquisar este blog

ABORTO - É DESSA FORMA QUE EU ENTENDO !






















O realto abaixo é verídico:

"Analise a história dessa família. O pai tem sífilis. A mãe tem tuberculose. Eles já tiveram quatro filhos. O primeiro filho é cego. O segundo filho morreu. O terceiro filho é surdo e o quarto filho tem tuberculose.

A mãe está grávida. Os pais estão dispostos a fazer um aborto se for recomendado". O que você recomendaria? Se você optou pelo aborto, você acabou de matar um dos maiores gênios da música, Beethoven.

Um dos temas mais polêmcios da atualidade é ABORTO, o ato de interromper uma gestação. O aborto é proibido no Brasil pelo Código Penal de 1940. A pena é de detenção de um a três anos. Só pode ser realizado legalmente nos casos de estupro ou risco de morte para a mulher.Nos casos de fetos sem cérebro (anencefalia), a mãe só pode interromper a gravidez com autorização judicial.
Antes de expor algumas opiniões sobre assunto, gostaria de fazer algumas perguntas ao amigo leitor. Você já assistiu um vídeo onde é mostrado através de ultra-som, a aflição e sofrimento de uma criança sendo brutalmente extraída do ventre materno no momento que um aborto é realizado? Já notou a aceleração dos batimentos cardíacos daquele ser vivo, motivados pelo terror dos instrumentos utilizados na extração daquele feto? Você já viu fotos de fetos que foram retirados após um aborto? Hoje você está vivo, mas e se você tivesse sido abortado?
Parece que não existe SENSIBILIDADE quando se trata de um ser em gestação. Você já reparou que os defensores da descriminalização do aborto, nunca citam sobre as conseguqências do feto e todo o seu sofrimento e morte? Isso sim é HIPOCRISIA!
Atitudes de governantes de páises desenvolvidos, nem sempre são sinônimos de sabedoria, a maioria destes países legalizaram o aborto de uma forma ou de outra, mas números mostram que boa parte da população é contra, e nem todos os páises adotaram isso, vejamos alguns casos na Europa:

*No Reino Unido a Irlando do Norte é contra a descriminalização.

*Entre os Britânicos, aborto é permitido até 24a semana de gestação, sendo que 42% das pessoas são contra isso.

*Em Portugal, aborto é permitido até as dez primeiras semanas de gestação, sendo que 41% das pessoas são contra.

*Na Suíça a prática do aborto é punida por lei, exceto nos casos de grave risco para a saúde física e psíquica da mulher, sendo até às 12 semanas.

Abaixo, gostaria de comentar opiniões formadas sobre o aborto:

1 - Toda mulher tem direito de controlar o seu próprio corpo"
Resp: E abortar não é tirar o direito daquela criança de vir ao mundo? Não é tirar o direito daquele ser de controlar seu próprio corpo também? Pense! O feto não é um prolongamento do corpo da mulher, ela não tem o direito de determinar se ele vive ou morre.

2 - "Aquilo que eu não vejo, eu não tenho culpa"
Resp: Absurdo! É o mesmo que dar um tiro em alguém dentro de um quarto escuro e achar que não tem culpa.

3 - "Com que olhos Deus vê a situação do aborto?"
Resp: Biblicamente a resposta é simples, é só analisar Êxodo 21.22,23: "Se homens brigarem, e ferirem mulher grávida, e forem causa de que aborte... então, darás vida por vida". Alguma dúvida? Impossível! "Vida por vida", ou seja, Deus punia com morte o homem que causou o aborto. È com esses olhos que Deus vê quem pratica o assassinato do aborto. Deus concordava que na Lei fosse assim.

4 - "Porque considerar que aborto é matar?"
Resp: O dicionário Houaiss apresenta esse verbo como: “causar grande prejuízo ou dano, arruinar, causar sofrimento, mortificar, afligir; ferir”, e abortar não é causar tudo isso a um ser indefeso? É mais do que isso, é morte com requintes de crueldade.

5 - "Você não acha que o aborto impede o surgimento de crinças indesejadas, que vão ser maltratadas no futuro?"
Resp: Pergunte hoje a um adulto que teve una infância ruim, com péssima qualidade de vida, mas que hoje deu a volta por cima, e está casado, tem família, e com uma vida financeira estruturada e feliz, pergunte se ele gostaria de ter sido abortado no passado? Ele vai responder "NÃO!". Porque a vida é feita de possibilidades, a criança que sofreu no passado pode ser feliz no futuro, ou não. Mas só o tempo poderá responder, ninguém tem capacidade de pré-julgar uma criança no ventre materno e pré-determinar o futuro dela.

6-"Só é a favor do aborto quem se encontra em boas condições financeiras"
Resp: Isso não é verdade, existem milhões de pessoas pobres que são contra o aborto, porque são a favor da vida.

7-"Qual a chance de uma criança indesejada que não foi abortada chegar à idade adulta e perder a salvação de sua alma?"
Resp: Ninguém tem poder de responder isso, só o tempo responderá. Qual a chance de alguém que pratica um aborto perder a salvação? Aborto é assassinato. Qual a chance de um assassino ter salvação? Segundo a Bíblia, I João 3:15 diz:Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.

A descriminalização do aborto pode fazer com que mulheres que tem condições perfeitas de criar um filho, optem por um aborto, mesmo sem motivo nenhum.

Se o aborto seria um tipo de "planejamento familiar", se seria a forma de impedir o sofrimento de crianças indesejadas no mundo, qual a diferença de sair matando as crianças vivas e sofrendo espalhadas pelo mundo? Não há diferença, abortar e assassinar crianças já nascidas sofrendo são a mesma coisa.

Se Deus, o Todo-Poderoso criador do universo, é contra a vinda de uma criança ao mundo, não seria mais justo Ele mesmo impedir de alguma forma o nascimento?

Quando procuramos entender o motivo de um líder religioso ser a favor do aborto, é só analisarmos a sua declaraçao: "Quanto menos filhos tem um casal, menos gastos ele terá, e sendo da igreja eles terão mais condições de gerar recursos materiais para a instituição" (Não generalisando os líderes religiosos)

Observações:

Houve um médico que realizou milhares de abortos nos EUA, dr. Bernard Nathanson, que introduziu uma câmera para filmar um aborto que ele ia fazer. O nome do filme é "O grito silencioso". Ele não conseguiu assistir às imagens até o fim. E nunca mais fez nenhum tipo de aborto. Pense na luta do ser pequenino para sobreviver. Gostaria de saber se após assistir à luta do feto para sobreviver se alguém continuaria defendendo o aborto em qualquer instância! Essa experiência mudou os conceitos de Nathanson, que acabou se tornando um defensor da vida.

Agora imaginem alguns métodos de aborto:

• Sucção: Uma máquina de sucção 25 vezes mais poderosa que um aspirador de pó. É introduzida no útero da mulher para sugar o corpo do feto. Aí a cabeça não passa no tubo e tem de ser amassada com um fórceps.

• Dilatação e evacuação: Dilata-se o útero e vai se esfacelando (cortando, picando) o feto com uma tesoura mecânica. E a criança luta desesperadamente para não morrer.

• Ingestão salina: Joga-se um líquido salino naquela capa protetora, mata-se a criança por envenenamento e depois o corpo da mulher o expele.

Os Estados Unidos são considerados o "paraíso" do aborto, mas tem transformado em um inferno a vida de milhares de mulheres, veja os acidentes ocorridos mesmo tendo uma assistencia médica adequada:

Conseqüências em mulheres americanas que se submeteram a aborto:

• Perfuração do útero.

• Sangramentos que requerem transfusões.

• Ruptura do colo do útero com impacto desconhecido sobre a capacidade do colo em alguma gravidez subseqüente.

• Acidentes ligados à anestesia.

• Doença inflamatória pélvica e possível infertilidade decorrente.

• Cirurgia não-intencionada, incluindo laparotomia, histerotomia e histerctomia.

• Perfuração da vesícula.

• Perfuração do intestino.

• Retenção de restos ovulares.

• Anemia.

• Peritonite (uma séria infecção da membrana serosa que reveste interiormente a cavidade abdominal).

• Infecções menores e febre de causas desconhecidas.

• Gravidez tubária não detectada.

• Embolia pulmonar.

• Tromboflebite venosa (inflamação de uma veia que se desenvolve antes de um coágulo sangüíneo).

• Depressão.

• Psicose.

• Suicídio (nove vezes mais propensas a suicídio do que outras mulheres).

• Um alto risco de infecção é comum a todo tipo de aborto.

• O risco de aborto espontâneo no segundo trimestre da gravidez aumenta dez vezes após um aborto vaginal.

• Algo acontece nos níveis mais profundos da consciência de uma mulher quando ela destrói uma gravidez.

Resumindo: Quer resolver o problema de clínicas clandestinas de aborto? Simples, não vá nesses lugares, e fechá-las cabe as autoridades deste país. Quer resolver o problema do aborto? Evite filhos, utilize métodos anticoncepcionais, preservativos, ou não tenha relação sexual até que se tenha as condições necessárias para o ato seguro, mas à partir do momento que se faz um filho, tenha caráter suficiente para assumir. Quem não quer propagar o aborto não é a favor de descriminalização. Aborto é sim assassinato, descriminalizar o aborto é legalizar o assassinato, é o crime sendo legalizado. É o massacre dos poderosos contra os indefesos.

ERIC FERRAZ

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails