CHAT :RADIOFMESPERANCANOSSA

Administradores ModeradoresMembrosVisitantesOfflineBanido


Get your own Chat Box! Go Large!
Radiofmesperaçanossa

Siga Este Blog !!

Ola ! A Paz Do Senhor , Gostaria De Agradecer A Voce Que Ja E Seguidor Do Nosso Blog , E Gostaria De Pedir A Voce Que Ainda Nao E Pra Fazer Parte Deste Grupo !! VAMOS LA , RUMO AOS 200 SEGUIDORES !!

Facebook

Pesquisar este blog

Carregando...

ESBOÇO Perdoar para ser perdoado


0 comentários
Perdoar para ser perdoado



"Então, Pedro, aproximando-se, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete." Mt. 18:21,22

Deus quer nos falar neste dia sobre um assunto tremendamente importante. Eu diria essencial para que os relacionamentos em família possam gozar de inteira comunhão. Refiro-me ao perdão. Por desconhecermos as implicações do ato de perdoar e ser perdoado é que vemos a cada dia lares se desfazendo, filhos abandonando os seus pais, casais se divorciando, irmãos brigando contra irmãos. De fato existe muita falta de perdão.

A Bíblia é bem clara ao afirmar “que por se multiplicar as iniqüidades o amor de muitos se esfriariam.” Infelizmente vivemos um caos principalmente dentro do âmbito familiar. São famílias que não se entendem. Pessoas vivendo debaixo do mesmo teto mas se agredindo mutuamente com palavras agressivas e também fisicamente. Filhos desrespeitando os seus pais, pais com total falta de temor a Deus irritando por sua vez os seus filhos e trazendo discórdias no seio da família. Enfim feridas na alma que são abertas a todo instante e que parece não ter solução para sua cura, para a sua total cicatrização. O que está acontecendo afinal? Como acabar com isso? Como fazer que a paz possa voltar ao lar que está mergulhado em desencontros? Como fazer com que os valores morais e sobretudo espirituais cheguem ao coração de nossos amados? A reposta para estas questões está centralizada na pessoa de Jesus Cristo.

Conhecendo Jesus e tendo uma experiência com Ele tudo pode mudar. Infelizmente existe uma tendência de grupos religiosos que insistem em atribuir ao diabo tudo o que acontece de ruim em nossa vida e na vida de nossas famílias. Mas o fato é simples de entender. Quando abrimos as nossas mentes, os nossos corações na direção daquele que tem as respostas, Isto é quando nos voltamos em sinceridade para Deus. Ele sim, Jesus, tem as respostas para as nossas inquietações pessoais e familiares. Tiago nos diz claramente: “Ninguém ao ser tentado diga, sou tentado por Deus, pois Deus não pode ser tentado pelo mal e Ele a ninguém tenta. Mas cada um é tentado quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.” Tg 1:14,15

De fato somos nós mesmos, com nossas decisões e escolhas erradas é que atraímos as conseqüências imprevisíveis e muitas vezes irreversíveis em nossa vida nesta terra. Existe um fator que trava toda e qualquer possibilidade de comunhão intensa com Deus e com os nossos semelhantes. É a falta de perdão. Não perdoar aquele que nos agride, aquele que tem traído a nossa confiança fará com que os céus se fechem para nós. Pedro argüiu Jesus “até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?” Talvez seja esta a sua pergunta nesta oportunidade. Na mente de Pedro surge um número, o número sete que estava condicionado a lei dos judeus. Porém ao responder a inquietação de Pedro, Jesus o surpreende dizendo-lhe : “Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete.“ Isto representa no meu modo de pensar que quatrocentos e noventa vezes devo perdoar o meu irmão por uma mesma ofensa recebida.

Em outras palavras. Se o seu filho lhe fez algo que o chateou, aquela ofensa deverá ser perdoada 490 vezes. Se o seu cônjuge o magoou em alguma área, 490 vezes o perdão deve entrar em ação. O perdão é Divino, é de Deus mas para praticá-lo também devo estar em Deus. Hoje é tão comum pensarmos que basta apenas pedirmos perdão a Deus e resolveremos a questão pendente com o nosso irmão.(a) Não é assim que o problema será resolvido. Eu tenho que ter aquela consciência que se eu pequei eu devo procurar a pessoa que está sendo alvo de minha inquietação pessoal e pedir-lhe perdão. Depois eu terei liberdade de ir perante Deus para pedir-lhe perdão também. Tantos relacionamentos rompidos principalmente nas famílias por falta do temor do Senhor.

Cria-se na mente várias justificativas que anulam a atitude correta de tomar a decisão para resolver de vez o problema. A oração que Jesus nos ensinou, a tão conhecida oração do Pai Nosso, Jesus é bem positivo para conosco quando diz: “Que se não perdoarmos o nosso próximo, não seremos perdoados por Ele.” Se não tivermos a atitude de resolvermos o problema que está pendente com o nosso próximo, Deus também não poderá nos perdoar. Amado(a) você conhece alguém assim? Quem sabe o Espírito Santo neste momento está lhe revelando que existe alguém em sua própria família com quem você tem algum problema não resolvido. Será que você tem dificuldade de perdoá-la? Sabe o que você vai fazer? Eu quero lhe dar alguns conselhos práticos e tenho a certeza absoluta que vai ajudá-lo(a) neste dia.

1. Verifique em oração diante de Deus se existe alguém cujo perdão você tem retido.
2. Se você identificar pessoas ou situações, peça a Deus que lhe dê coragem e estratégias vindas da parte Dele para resolver a situação.
3. Dirija-se a esta pessoa ou pessoas na primeira oportunidade e peça-lhe perdão. Se estiver longe lhe escreva uma carta, e-mail ou use o telefone mas lembre-se: “Não é um simples pedido de desculpas. É pedir perdão de coração.” Não é hora de fazer discursos. Não é hora de aproveitar da situação para achar erros na(s) pessoa(s) em questão. É hora de resolver os problemas com seu pedido de perdão.
4. Ore junto com esta pessoa. Agradeça a Deus por estarem tentando se entenderem novamente diante de Deus. Obs. Se a pessoa não lhe der o perdão. Você está liberado diante de Deus, pois tentou fazer a sua parte e você poderá ter agora a sua consciência livre de culpa.

Amigo(a) Talvez você tenha razões de sobra para a sua atitude de afastamento e retenção do perdão. Mas lembre-se: A vitória com certeza chegará a sua vida quando você derrubar esta parede de separação. Alguém disse “Que perdão é a habilidade de começar tantas vezes quanto forem necessárias” Uma das coisas que Jesus bateu mais de frente quando estava aqui nesta terra, foi contra os religiosos e hipócritas de sua época. Volta e meia Ele estava frente a frente com as pessoas que gostavam de fazerem intrigas e que traziam tantas perturbações, tanta falta de paz no meio das famílias. Que adianta ir a Igreja, cantar no coro ou pertencer a uma banda de louvor, ouvir os sermões do pastor, participar das celebrações e não ter a motivação de ter um coração limpo, um coração transparente perdoando e sendo perdoado.

Deus está em nossos dias e principalmente na família mostrando-nos que para alcançarmos a paz, a alegria, harmonia de pensamentos e comunhão com Deus e uns com os outros o perdão se faz necessário sempre, todos os dias, todas as horas, todas as pessoas, todas as situações. Somente com o coração livre, sem rancor, sem ódio é que teremos famílias abençoadas e felizes no Senhor. Agora um detalhe muito importante. Quem sabe você deve estar com este pensamento “ Você está dizendo isto pastor Nélson, porque não conhece o meu problema? Não conhece a minha dor, não conhece o meu sofrimento. Não sabe o que meu cônjuge me fez. Não sabe o que o meu filho, o meu pai, o meu irmão aprontou comigo” De fato muitas coisas estão chegando à sua mente neste instante de confronto com a Palavra de Deus.

Eu não sei a dimensão do seu problema, mas eu sei de uma coisa e eu quero que você esteja atento(a) para isto. “Eu sei que Jesus não só conhece o seu problema, como também Ele conhece você. Sabe por que? Porque Jesus Cristo lhe ama. por isso o entende e posso lhe garantir que você não está sozinho(a) nesta situação. Jesus é o único que pode ajudá-lo(a) a se ver livre da culpa, do medo, dos transtornos, da revolta, do ódio, do rancor e da amargura que provavelmente está em seu coração.” Jesus é o único que pode lhe dar esperança, pode lhe dar alento, pode trazer-lhe a paz e mostrar-lhe perfeitamente o caminho que você deve seguir. Jesus lhe diz neste instante “Vale a pena liberar perdão” “ Vale a pena pedir perdão” “Vale a pena deixar o comando de sua vida em minhas mãos” Na verdade o que quero lhe dizer é quando você caminhar na direção daquela pessoa que de fato lhe prejudicou um dia, não é você que estará ali levantando a bandeira paz, é Jesus que estará fazendo isto por meio de você.

Amigo(a) vamos resolver aquela situação pendente? Quero orar para que você se sinta encorajado de resolver esta tarefa tão difícil porem gloriosa. Quem sabe hoje o Espírito Santo lhe trouxe na memória uma situação que exige de você um posicionamento inadiável. Hoje é o dia, o momento é agora.

Pr. Nélson

http://www.vivos.com.br/386.htm

A vida de Mefibosete


0 comentários
A vida de Mefibosete
 
 
 

"E Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado de ambos os pés; era da idade de cinco anos quando as novas de Saul e Jônatas vieram de Jezreel, e sua ama o tomou, e fugiu; e sucedeu que, apressando-se ela a fugir, ele caiu, e ficou coxo; e o seu nome era Mefibosete." 2 Samuel 4:4 Um nome esquecido na bíblia,assim como uma grande parte de sua vida foi esquecida.Podemos falar de Saul,de Jônatas,de Davi,mas nem sempre é tocado no nome de Mefibosete.Mefibo...quem???Isso mesmo,Mefibosete!!!Estudando a vida desse homem,notei três aspectos de suma importância que traçaram sua história.

1-Como vimos no início,ele era um homem de linhagem real,neto do rei.Isso fazia dele alguém com uma perspectiva de vida enorme;seu futuro era uma promessa.Acredito que ainda quando criança seu coraçãozinho se enchia de alegria só de pensar que seu avô era rei,e que seu pai possivelmente iria se tornar.Mas algo aparentemente trágico aconteceu logo no início de sua infância: Aos cinco anos de idade uma queda o deixa paralítico de ambos os pés.(Agora peço a você que tente se lembrar de algo que talvez aconteceu na sua infância e que hoje te impede de caminhar.O Espírito Santo quer trazer cura para a sua vida!!!)E agora??? O que vai ser do futuro desse garoto???A partir daí ele é esquecido!!!

2-Aquele garoto nobre que tinha tudo pra dar certo foi parar não se sabe onde e nem como!A bíblia não relata nada sobre sua infância e juventude.Você já parou pra pensar como deve ter ficado seu coração?Os sonhos que ele um dia teve ainda criança passando por seus olhos e indo embora,sua família totalmente desestruturada,suas emoções feridas desde cedo.Agora o garoto é levado para o anonimato,onde vai crescer e virar um homem.Tudo esquecido,ás vezes até mesmo por ele.Mas não por Deus!!! O silêncio de Deus serve para fazer crescer,e justamente onde ninguém vê!Momentos de dor,de tristeza,de um notório esquecimento.Mas de muito crescimento e cura!!!

3-Jônatas,pai de Mefibosete,quando ainda era vivo havia se tornado o melhor amigo de Davi,que agora era rei da nação de Israel! "E disseDavi: Há ainda alguém que tenha ficado da casa de Saul, para que lhe faça benevolência por amor de Jônatas?"2 Samuel 9:1 Daí pra frente vemos se cumprindo os sonhos não apenas de Mefibosete,mas de Deus em sua vida!A restauração Chegou!valeu a perseverança,a espera,o confiar!!!Mefibosete passa a ter de volta todas as terras de seu avô Saul,passa a morar no palácio real e comer pão de contínuo na mesa do rei.Alcança para toda a sua vida o favor do Rei...não somente o rei Davi,mas aquele Rei que o tempo todo esteve olhando por ele!!!Ficam então os três passos:

1-Sonhos e promessas;

2-Anonimato;

3-Restauração e cumprimento das promessas.

Comece a invocar o poder da aliança!

Mefibosete significa: exterminador da vergonha.
Profético,para quem conhece a história deste homem narrada em 2Samuel 9:1-11.
Seu pai Jonatas fez uma aliança com Davi que um dia cumpriu a parte dele na aliança,resgatando a vida de seu filho Mefibosete que estava esquecido (após a morte de seu pai) e sentindo-se abandonado pelas circunstâncias da vida,e neste dia,frente a frente com o rei,Davi olha em seus olhos e lhe diz você é Mefibosete (o exterminador da vergonha)lembrando o significado profético deste nome,trazendo à memória quem ele era e tornando uma realidade este significado.
Através desta aliança que foi feita Mefibosete foi honrado pois Davi estava invocando a aliança na vida dele.
E assim como Jonatas havia feito com Davi,Deus fez uma aliança comigo e com você.E mesmo que você desconheça esta aliança ela é e sempre será válida sobre sua vida.Mefibosete não conhecia esta aliança,mas foi beneficiado por ela e foi convidado para comer na mesa do rei.
Um aliança traz restauração e segurança para quem à tem,por isso:
  • precisamos nos apropriar desta aliança recebendo humildemente como nosso caro Mefibosete toda esta graça que é presente imerecido,
  • precisamos reconhecer que Jesus um dia fez algo por nós,para nos resgatar do lugar da vergonha,
  • precisamos ouvir a voz do rei (Jesus) a nos dizer quem nós somos e nos lembrar do significado profético de nossos nomes:’Ao vencedor,. lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo’ (Ap 2.17),
  • precisamos comer o pão da aliança e sentar na presença do rei.
Saiba que um dia Judas chegou a pegar deste pão,mas foi repreendido e se retirou!
Que sigamos o exemplo de Mefibosete................


Fica na paz.
Daniela
 

NOTICIAS Trânsito é alterado para evento gospel na orla de Vila Velha, no ES


0 comentários


Jesus Vida Verão acontece na praia de Itapoã,
Vila Velha (Foto: Ricardo Medeiros/ A Gazeta)







Jesus Vida Verão acontece de quarta-feira (7) a sábado (11).
Fluxo de veículos vai sofrer alteração a partir das 19h de cada dia.


 
O trânsito na orla de Vila Velha, na Grande Vitória, vai ser alterado a partir desta quarta-feira (7). Por conta do evento Jesus Vida Verão, que acontece na avenida Antônio Gil Veloso, na altura do cruzamento com a avenida Jair de Andrade, o fluxo vai sofrer alteração a partir das 19h de cada dia, até o próximo sábado (11).
A Guarda Municipal orienta aos condutores que desviem pela avenida São Paulo, se o sentido for de Coqueiral de Itaparica a Itapoã, e pela avenida Hugo Musso, no sentido que vai de Itapoã para Coqueiral. O objetivo da medida é facilitar o fluxo de veículos.
Barreiras móveis e sinalização com cones também serão instalados na altura da avenida Estudante José Júlio de Souza com a avenida São Paulo, no sentido que vai de Itapoã à Praia da Costa. Esses equipamentos serão posicionados até o cruzamento da avenida Antônio Gil Veloso com a Belo Horizonte.
Outros bloqueios serão feitos no cruzamento das avenidas São Paulo com Jair de Andrade, São Paulo com a rua Belém e entre a Jair de Andrade e a Hugo Musso, todas impedindo o acesso de veículos à avenida Antônio Gil Veloso.

Fiscalização do trânsito
A Guarda Municipal vai intensificar as atividades durante a realização do evento atuando no ordenamento do espaço público, bem como na organização do trânsito no entorno. Para isso, todo o efetivo da Guarda vai ser deslocado para essa ação, trabalhando em regime de turnos nos quatros dias de eventos.

NOTICIAS Lenda do gospel nos EUA, Andraé Crouch morre aos 72 anos


0 comentários

Cantor e compositor foi vítima de complicações cardíacas após um infarto.
Ganhador de 7 Grammy, ele cedeu temas a nomes como Michael Jackson.

Da EFE
Premiado cantor gospel, Andraé Crouch, tinha 72 anos (Foto: Reprodução/Facebook Oficial Andraé Crouch)Premiado cantor gospel, Andraé Crouch, tinha 72 anos (Foto: Reprodução/Facebook Oficial Andraé Crouch)
 
O cantor e compositor de gospel americano Andraé Crouch morreu nesta quinta-feira (7) aos 72 anos em Los Angeles, depois que foi hospitalizado no último sábado devido a um ataque cardíaco, informou seu agente em comunicado.
Crouch, ganhador de sete prêmios Grammy e considerado um dos principais nomes do gospel, morreu no Northridge Hospital Medical Center de Los Angeles por complicações de saúde após o infarto.
Alguns temas do renomado cantor, compositor e produtor foram gravados por Elvis Presley e Paul Simon. Além disso, Crouch colaborou com Michael Jackson, Madonna, Stevie Wonder, Chaka Khan, Elton John, Quincy Jones e Diana Ross.
"Hoje, meu irmão gêmeo e melhor amigo se foi para estar com o Senhor. Por favor, orem por mim, pela minha família e pela nossa igreja", disse a irmã do músico, Sandra Crouch, em comunicado.
O cantor, que já se apresentou na Casa Branca, foi indicado a um Oscar por seu trabalho como compositor em 'A Cor Púrpura'. Também participou da trilha sonora do clássico da Disney, 'O Rei Leão', em 1994.
Andraé, nascido em San Francisco, começou sua carreira musical na pequena igreja de seu pai, que precisava de um pianista. Seu filho então, um menino prodígio na época, assumiu as teclas do instrumento em apenas três semanas.

FONTE: G1 

Ouvir Nova Música de Lauriete 2015 "Olho do Furacão" NOVIDADES


0 comentários
Conhecida pela sua voz forte e seus agudos de arrepiar, Lauriete se consagrou como uma das cantoras pentecostais mais importantes do cenário gospel brasileiro.

Com uma coleção de sucessos que estouraram no Brasil e no mundo como Deus dos deuses, Palavras e Dias de Elias, Lauriete lançou seu último disco inédito em 2013 pela gravadora Visão Music. O disco foi intitulado "É Preciso Crer".

No Olho do Furacão" conta com produção musical de Samuel Ribeiro, maestro que tem uma parceria com a cantora desde o álbum "Tô na Mão de Deus", quando deu nova roupagem em partes das canções. O novo disco de Lauriete será lançado pela sua gravadora, Visão Music. A previsão é que o disco chegue às lojas de todo país ainda no final deste ano.

Estamos praticamente no final de 2014 e já começaram a surgir indícios do novo disco da cantora que está a todo vapor. Na última segunda-feira (13/10), a cantora e backing vocal Janeh Magalhães publicou nas suas redes sociais o trecho de algumas das canções que fazem parte do repertório do projeto e hoje (14/10) a cantora Lauriete também publicou o trecho de uma canção que fala sobre arrebatamento.


CLIQUE PARA OUVIR
 
Fonte santificandonaverdade.com

Novo CD Fernanda Brum 2015 "Da Eternidade"


0 comentários
Povo Deus já está chegando o novo CD da Fernanda Brum que não para!!
Já está saindo do forno e está previsto para janeiro!!
Confira o PREVIEW do CD Da Eternidade!

O Preview é uma amostra sequencial da mixagem final de algumas das músicas que fazem parte do novo CD da cantora e pastora Fernanda Brum "DA ETERNIDADE". O lançamento previsto pela MK Music é para o mês de Janeiro de 2015:


Link Para Video

ESBOÇO PARA PREGADOR: Salmo 23


0 comentários

O Senhor é meu Pastor
Isto é relacionamento.

Nada me faltará
Isto é suprimento.

Caminhar me faz por verdes pastos
Isto é descanso

Guia-me mansamente a águas tranqüilas

Isto é refrigério

Refrigera a minha alma

Isto é cura

Guia-me pelas veredas da justiça

Isto é direção
Por amor do seu nome
Isto é propósito

Ainda que eu andasse pelo vale das sombras da morte

Isto é provação
Eu não temeria mal algum
Isto é proteção
Porque Tu estás comigo
Isto é fidelidade

A tua vara e teu cajado me consolem

Isto é disciplina
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos
Isto é esperança
Unge a minha cabeça com óleo
Isto é consagração
E meu cálice transborda
Isto é abundância
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias de minha vida
Isto é benção
E eu habitarei na casa do Senhor
Isto é segurança
Por longos dias
Isto é eternidade
Conclusão
O que é mais valioso não é o que nós temos em nossas vidas, mas Quem nós temos em nossas vidas.
Jesus Cristo, o Salvador do mundo. 

ESBOÇOE PARA PREGAR: O choro que deságua em alegria eterna


0 comentários
Referência: Mateus 5.4
INTRODUÇÃO
1. Esta bem-aventurança contém o maior paradoxo do Cristianismo. Poderíamos traduzir: “Felizes os infelizes”. Que espécie de tristeza é esta que pode produzir a maior felicidade?
2. A palavra usada por Jesus para chorar (panthoutes) significa lamentar, prantear pelo morto. Entristecer-se com uma profunda tristeza que toma conta de todo ser de tal maneira que não pode se ocultar (Trench).
3. A palavra chorar segundo William Barclay é o termo mais forte da língua grega para denotar dor e sofrimento. É a palavra que se usa para descrever a morte de um ser querido. Na LXX é a palavra que descreve o lamento de Jacó quando creu que José, seu filho estava morto (Gn 37:34). Não se trata apenas da dor que faz doer o coração, mas da dor que faz nos chorar.
4. Nem todos os que choram são felizes e nem todos os que choram serão consolados. Então, de que tipo de choro Jesus está falando? Choramos por várias razões: choramos pelo luto, choramos de dor física, choramos pela decepção, pelo desespero, pela desesperança, pela saudade, pela compaixão, pela solidão, pela depressão, por amor. Mas de que tipo de choro Jesus está tratando nessa bem-aventurança?
5. Jesus está tratando de duas coisas: 1) Uma declaração: Felizes são os que choram. 2) Uma promessa: esses serão consolados.
I. O QUE ESSE CHORO NÃO SIGNIFICA?
1. Não é o choro carnal
O choro carnal é aquele que uma pessoa lamenta a perda de coisas exteriores e não a perda da pureza. A tristeza do mundo produz morte (2 Co 7:10). Amnom chorou de tristeza até possuir sua própria irmã, para depois desprezá-la (2 Sm 13:2). Acabe chorou por não ter a vinha de Nabote, a qual cobiçava (1 Rs 21:4). Faraó chorou por ter feito o bem, por ter libertado o povo. Ele arrependeu-se de seu arrependimento (Ex 14:15).
2. Não é o choro do remorço e do desespero
Esse foi o choro de Judas. Ele viu seu pecado, ele se entristeceu. Ele confessou seu pecado, ele justificou Cristo, dizendo que ele era inocente. Ele fez restituição. Mas Judas está no inferno e parece ter feito muito mais que muitos fazem hoje. Ele confessou seu pecado. Ele fez restituição. Sua consciência o acusou de ter adquirido aquele dinheiro de forma vil. Mas Judas chorou pelo pecado, mas não foram lágrimas de arrependimento, senão de remorço.
3. Não é o choro do medo das consequências do pecado
Quando Caim matou seu irmão Abel, Deus o confrontou. Ele, então disse,”é tamanho o meu castigo, que já não posso suportá-lo” (Gn 4:13). Seu castigo afligiu-o mais do que o seu pecado. Chorar apenas pelo medo do castigo, apenas pelo medo do inferno é como o ladrão que chora porque foi apanhado e não pela sua ofensa. As lágrimas do ímpio são forçadas pelo fogo da aflição e não do arrependimento.
4. Não é o choro apenas externo e teatral
Jesus diz que os fariseus “mostram-se contristados e desfiguram a face com o fim de parecer aos homens que jejuam” (Mt 6:16). Os olhos estão molhados, mas o coração está seco. Os olhos estão umedecidos, mas o coração endurecido. Quando Acabe soube do juízo de Deus sobre ele e seu reino rasgou as vestes e vestiu-se com com pano de saco (1 Rs 21:27). Suas vestes estavam rasgadas, mas não seu coração. Ele vestia-se de pano de saco, mas não havia choro pelo pecado.
II. O QUE ESSE CHORO SIGNIFICA
1. Deve ser um choro espontâneo
A mulher pecadora de Lucas 7 revelou um arrependimento espontâneo e voluntário. Ela lavou os pés de Jesus com suas lágrimas. Ela veio com unguento em suas mãos, amor em seu coração e lágrimas em seus olhos.
2. Deve ser um choro espiritual
É o choro pelo pecado e não apenas pelas consequências do pecado. Faraó pediu para tirar as pragas, mas jamais desejou tirar as pragas do seu coração. Quando Deus confrontou Davi ele arrependeu-se do pecado e chorou pelo pecado, mais do que pelas consequências do seu pecado. Ele disse: “O meu pecado está sempre diante de mim”. Ele não disse: a espada está sempre diante de mim, o castigo está sempre diante de mim. A ofensa contra Deus feriu-o mais do que o juízo de Deus sobre o seu pecado.
a) Devemos chorar pelo pecado porque ele é um ato de hostilidade e inimizade contra Deus – O pecado ofende e resiste o Espírito Santo (At 7:51). O pecado é contrário à natureza de Deus. Deus é santo e o pecado é uma coisa imunda. O pecado é contrário à vontade de Deus. A palavra hebraica para pecado significa rebelião. O pecado luta contra Deus (At 5:39).
b) Devemos chorar pelo pecado porque ele é um ato de consumada ingratidão contra Deus – Deus enviou-nos seu Filho para redimir-nos do pecado e seu Espírito para confortar-nos. Nós pecamos contra o sangue de Cristo, a graça do Espírito e não deveríamos chorar? O pecado contra o amor de Deus é pior do que o pecado dos demônios, porque a eles jamais foi oferecido a graça. Mas nós caímos e nos foi oferecida graça e ainda pecamos contra ela? Pecamos contra aquele que morreu por nós? Pecamos contra aquele que habita em nós?
c) Devemos chorar pelo pecado porque ele nos priva das coisas excelentes – O pecado nos priva do maior bem, a comunhão com Deus (Is 59:2). Quando pecamos não apenas a paz vai embora, mas Deus também vai embora. Não há comunhão entre trevas e luz. Quando choramos pelo pecado, ansiamos não apenas a volta das bênçãos, mas a volta de Deus (Ex 33). Devemos não apenas chorar, mas voltar-nos para Deus com choro (Jl 2:12). As lágrimas do arrependimento são como as águas do Jordão, elas nos purificam da nossa lepra. Devemos chorar não apenas para nos abster do pecado, mas para odiar o pecado.
3. Deve ser um choro pelo nosso próprio pecado
Feliz é aquele que chora pelo seu próprio pecado. O pecado nos faz pior da que uma serpente. A serpente não tem nada dentro dela senão o veneno que Deus mesmo pôs nela. O veneno é medicinal. Mas o pecador tem dentro de si o que o diabo pôs dentro dele. Pedro disse para Ananias: “Ananias, por que Satanás encheu o seu coração para você mentir ao Espírito Santo?” (At 5:3). Nós temos em nós todas as sementes daqueles pecados que condenam as pessoas ao inferno. Aquele que não chora pelos seus pecados perdeu completamente sua razão.
Será que Esdras errou quando orava fazendo confissão, “chorando prostrado diante da Casa de Deus?” (Ed 10:1). Será que Paulo errou ao gemer: “Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?” (Rm 7:24). Há pouco choro pelo pecado em nós e entre nós. No dia 18/10/1740 David Brainerd escreveu em seu diário: “Em minhas devoções matinais minha alma desfez-se em lágrimas, e chorou amargamente por causa da minha extrema maldade e vileza.”
O choro pelo pecado deve ser um choro intenso. A palavra que Jesus usou é a mais intensa para o sofrimento. É a mesma palavra da dor do luto por quem amamos. Foi a palavra usada para o choro de Jacó por José. Pedro chorou amargamente depois de negar a Jesus. Esse deve ser o lamento pelo pecado dentro da igreja.
O que se opõe ao choro pelo pecado? Primeiro, é a dureza de coração ou coração de pedra (Ez 36:26). Um coração de pedra não pode se derreter em lágrimas. Esse coração é conhecido pela insensibilidade e pela inflexibilidade. A Bíblia nos exorta a não endurecermos o nosso coração (Hb 3:7,8). Hoje nós choramos pelos tempos difíceis, mas não pelos corações duros.
Muitos em vez de chorar pelo pecado, alegram-se nele – A Bíblia fala daqueles que se alegram de fazer o mal (Pv 2:14), daqueles que se deleitam na injustiça (2 Ts 2:12). Esses são piores do que os condenados que estão no inferno. Os ímpios que estão no inferno, não se deleitam mais no pecado. Ora se Cristo verteu o seu sangue pelo pecado, alegrar-nos-emos nele? O choro pelo pecado é o único caminho para nos livrarmos da ira vindoura.
4. Deve ser um choro pelo pecado dos outros
Davi chorou pelos pecados daqueles que desobedecem a Deus: “Torrentes de água nascem dos meus olhos, porque os homens não guardam a tua lei”. Jeremias chorou a condição terrível de Jerusalém sendo destruída. Jesus chorou sobre a cidade impenitente de Jerusalém. Paulo disse: “Pois muitos andam entre nós…e agora vos digo até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo” (Fp 3:18).
Devemos chorar pelas blasfêmias da nação. Pela violação do pacto, pela profanação do nome de Deus, pela remoção dos marcos e dos absolutos. Devemos chorar pela escassez daqueles que choram. Devemos chorar pela frieza da igreja. Devemos chorar pela falta de choro pelo pecado na igreja. Devemos chorar por causa dos escândalos que afastam as pessoas de Deus e do evangelho.
III. QUAIS SÃO OS MOTIVOS PARA ESSE CHORO
1. O choro pelo pecado é o melhor uso das lágrimas
Se você chorar apenas por perdas de coisas materiais, você desperdiçará suas lágrimas. Isso é como chuva sobre a rocha, não tem benefício. Mas o choro do arrependimento é composto de lágrimas bem-aventuradas, de lágrimas que curam, que libertam.
2. O choro pelo pecado é uma evidência da graça de Deus
O choro pelo pecado é um sinal do novo nascimento. Assim como a criança chora ao nascer, aquele que nasce de novo também chora ao pecar. Um coração de pedra jamais se derrete em lágrimas de arrependimento. Só um coração de carne, é sensível à voz de Deus.
Aqueles que nascem do Espírito, que têm um coração quebrantado, têm também tristeza pelo pecado.
3. O choro pelo pecado é precioso
Quando a mulher pecadora lavou os pés de Jesus com suas lágrimas e enxugou-os com os seus cabelos, podemos afirmar que suas lágrimas foram um unguento mais precioso do que o melhor perfume. Quando os nossos corações se quebram amolecidos pela graça, então, o perfume das nossas obras trescalam suavemente. A Bíblia diz que há alegria no céu por um pecador que se arrepende (Lc 15:7). As lágrimas clamam com eloquência pela misericórdia. Jacó orou e chorou e prevaleceu com Deus e com os homens (Os 12:4). As lágrimas derretem o próprio coração de Deus.
4. O choro pelo pecado produz alegria
O choro pelo pecado é o caminho da verdadeira alegria. Davi, o homem de lágrimas, foi também o mais doce cantor de Israel. “Minhas lágrimas foram o meu alimento” (Sl 42:3). As lágrimas do penitente são mais doces do que todas as alegrias mundanas. Quando Ana chorou diante de Deus, ela voltou para a sua casa com um brilho em seu rosto e com a vitória de Deus em sua vida.
5. O choro pelo pecado agora, previne o choro no inferno depois
O inferno é um lugar de choro e ranger de dentes (Mt 8:12). Mas, agora, Deus recolhe as nossas lágrimas no seu odre (Sl 56:8). Agora Jesus diz: “Ai de vós, os que agora rides! Porque haveis de lamentar e chorar” (Lc 6:25). Agora as lágrimas são bem-aventuradas lágrimas. Agora é o tempo certo de chorar pelo pecado. Agora o choro é como chuva da primavera. Mas se não chorarmos agora, iremos chorar tarde demais!
É melhor derramar lágrimas de arrependimento do que lágrimas de desespero. Aquele que chora agora é bem-aventurado. Aquele que chora no inferno é amaldiçoado. Aquele que destampa as feridas da alma e chora pelo pecado livra a alma da morte eterna.
O choro pelo pecado pavimenta a estrada para a Nova Jerusalém. Para entrar no céu não basta ir à igreja, dar esmolas, fazer caridade. O único caminho é você chorar pelos seus pecados e receber a consolação da graça em Cristo. Jesus disse: “Se porém não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis”. Só um remédio que a cura a doença mortal da alma, o verdadeiro arrependimento.
6. O choro pelo pecado é temporal e finito
Depois de um tempo de choro, haverá um perpétuo consolo. No céu o odre de Deus contendo as nossa lágrimas será completamente esvaziado. Deus enxugará dos nossos olhos toda lágrima (Ap 7:17;21:4). Quando o pecado cessar, as lágrimas também cessarão. “O choro pode durar a noite inteira, mas a alegria vem pela manhã” (Sl 30:5).
IV. QUAIS SÃO OS OBSTÁCULOS PARA ESSE CHORO
1. O amor ao pecado
O amor ao pecado faz o pecado saboroso e torna o coração endurecido. Jerônimo disse que amar o pecado é pior do que praticar o pecado. Uma pessoa pode ser surpreendido na prática do pecado inadvertidamente (Gl 6:1). Como você pode entristecer-se pelo pecado, se você ama o pecado? Tenha cuidado com a doçura do veneno. O amor ao pecado mantém você longe da graça.
O pecado é maligníssimo. Há a semente da morte e do inferno em todo pecado. O salário do pecado é a morte. Amar o pecado é amar a morte e o inferno.
2. O desespero pelo pecado
O desespero afronta a Deus, subestima o sangue de Cristo, rejeita a graça e destrói a alma. O desespero diz para você: Não tem mais jeito, não tem mais saída, não tem mais esperança. O desespero é fruto do seu coração enganoso e da mentira do diabo. O desespero apresenta Deus para a alma como um juiz carrasco. O desespero de Judas foi pior do que o seu pecado de traição. O desespero fecha a porta da misericórdia e destrói o arrependimento, o único fundamento da misericórdia. A Bíblia diz que é a bondade de Deus que nos conduz ao arrependimento (Rm 2:4).
3. A presunção da misericórdia
Muitos não choram pelo pecado agora, porque estão falsamente confiando na misericórdia de Deus no dia do juízo. É um profundo engano você repousar na misericórdia de Deus enquanto anda nos seus pecados. A Bíblia diz: “Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo os seus pensamentos; converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e volte-se para o nosso Deus, porque é rico em perdoar” (Is 55:7).
Muitos pensam que Deus esqueceu e perguntam: “Onde está o Deus do juízo?” (2 Pe 3:9). Ah! Dia do juízo! Deus vai julgar suas palavras, suas obras, sua omissão e seus pensamentos! Você vai querer fugir da ira de Deus! Você já pensou na possibilidade de Deus dizer para você: Basta! Chega! É só mais um pecado é será o seu fim! É um terrível perigo abusar da paciência de Deus.
Não há misericórdia sem abandono do pecado, e não há abandono do pecado sem choro pelo pecado.
4. A procrastinação no pecado
Jesus disse que aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus (Jo 3:36). Você acha cedo demais para deixar o pecado, mesmo estando sob a ira de Deus? Você acha cedo demais para chorar pelo pecado, mesmo estando sob a potestade de Satanás (At 26:18)? Você vai deixar para o fim, para o leito da enfermidade para chorar pelos seus pecados? Você não sabe que é a bondade de Deus que conduz você ao arrependimento? Você, porventura, já não ouviu Deus dizer: “Se hoje ouvirdes a minha voz, não endureçais o vosso coração”?
V. QUAL É O CONFORTO OFERECIDO AOS QUE CHORAM ESSE CHORO
1. O choro precede o conforto, assim como a limpeza da ferida precede a cura
Deus guarda o seu melhor vinho para o fim. O diabo faz o contrário. Ele mostra o melhor primeiro e guarda o pior para o fim. Primeiro ele mostra o vinho resplandecente no copo, depois o vinho morde como uma serpente (Pv 23:31,32). O diabo mostra o pecado como atrativo, colorido, gostoso, doce ao paladar, e só no fim a tragédia que ele provoca. O diabo mostrou a Judas o valor das 30 moedas de prata, o preço de um campo. Ele mostrou a isca, depois o fisgou com o anzol. Primeiro, ele mostra a coroa de ouro, depois mostra os dentes de leão (Ap 9:7,8).
Mas Deus depois mostra o pior primeiro. Primeiro ele prescreve o choro, mas depois ele promete: sereis consolados!
2. As lágrimas do arrependimento não são lágrimas perdidas, mas sementes do conforto
Aquele que sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com júbilo trazendo os seus feixes (Sl 126:5). Cristo tem o óleo da alegria para derramar sobre aqueles que choram. Cristo transforma o odre de lágrimas em vinho novo de alegria. O choro pelo pecado é a semente que produz a flor da eterna alegria.
O vale de lágrimas conduz-nos ao paraíso da alegria. Jesus disse: “A vossa tristeza se converterá em alegria” (Jo 16:20).
O conforto que Deus dá é fundamentado em profunda convicção (Jo 16:7,8). Ele é puro, doce, santo, abundante, glorioso. Pedro fala da alegria indizível e cheia de glória (1 Pe 1:8).
O conforto que Jesus promete é poderoso. A alegria do Senhor é a nossa força (Ne 8:10). Esse conforto floresce até no meio da aflição. Os crentes de Tessalônica receberam a Palavra no meio de muita aflição, com alegria (1 Ts 1:6). Esse conforto faz você gloriar-se nas próprias tribulações (Rm 5:3). Esse é um conforto imortal.
3. Por que, então, alguns crentes ainda sentem a falta desse conforto?
a) Porque eles choram, mas não as lágrimas do arrependimento – Eles vão para as lágrimas, mas não para Cristo. As lágrimas não são o fundamento do nosso conforto, mas o caminho para ele. O choro não é meritório. Ele é o caminho para a alegria, não a causa da alegria. O verdadeiro conforto só pode vir de Cristo.
b) Porque eles se recusam a ser consolados – Há pessoas que se entregam à tristeza, ao lamento, à amargura e se recusam a ser consoladas (Sl 77:2).
c) Porque eles adiam o projeto da felicidade apenas para o futuro – O projeto de Deus não é fazer de você uma pessoa feliz apenas no céu, mas a caminho do céu. Você já é feliz agora. Você é feliz enquanto chora, porque chora. Embora sua alegria aqui ainda não esteja completa, ela já é genuína, verdadeira e real. Macarios fala da alegria de Deus, da alegria suprema, da felicidade absoluta.
4. A natureza do conforto que teremos no céu
A Bíblia diz que na presença de Deus há plenitude de alegria (Sl 16:11). Haverá um dia em que os salvos estarão vivendo no novo céu e na nova terra, onde da praça da cidade, corre o rio da vida, onde está o trono de Deus, onde Deus enxugará dos nossos olhos toda a lágrima.
A Bíblia descreve esse conforto dos salvos no céu como uma festa, a festa das bodas do Cordeiro, onde vamos descansar das nossas fadigas (Ap 14:13).
Como a Bíblia descreve essa festa?
1) O dono desta festa é Deus – Esta festa é a festa das bodas do Filho do Rei. Será uma festa magnificente, gloriosa.
2) Esta festa será incomparável em termos de alegria e provisão – O próprio Jesus levará sua noiva ao banquete. Quantas iguarias especiais teremos no novo céu e na terra. Todos os cardápios servidos nessa festa serão deliciosos. Não haverá falta de coisa alguma deliciosa nessa festa. Quem alimentar-se nessa festa nunca mais terá fome. Quem beber nessa festa nunca mais terá sede.
3) Esta festa será incomparável em termos da companhia dos convidados – Lá estarão os salvos, os anjos, os querubins, serafins. Cristo mesmo lá estará como dono da festa e como nosso anfitrião. Estaremos na incontável assembleia dos santos (Hb 12:22). Seremos uma só família, um só rebanho.
4) Esta festa será incomparável em termos de música – Será a festa do casamento do Noivo como a igreja. Os coros angelicais estarão apostos. As trombetas celestiais estarão afinadas. Um coro cósmico levantará sua voz em exaltação a Deus e ao Cordeiro (Ap 5:12-13). Uma gloriosa música encherá os céus e a terra (Ap 15:2-3).
5) Esta festa será incomparável em termos do lugar onde será celebrada – Esta festa será no paraíso de Deus (Ap 2:7). A cidade santa cujo fundamento são pedras preciosas, cuja praça é de ouro, cujas portas são de pérola, cuja claridade procede do Cordeiro. Esta festa dar-se-á na Nova Jerusalém. A cidade mede 2.400 Km de largura por 2.400 Km de comprimento. É maior do que qualquer cidade do mundo. Ela tem espaço para todos os convidados para as bodas.
6) Esta festa será incomparável pela sua duração – Esta festa não terá fim. Ela nunca acabará. Aqueles que se assentarem nesse banquete nunca se levantarão da mesa. Teremos vestes brancas, coroas, nos assentaremos em tronos, reinaremos com o Rei da glória para sempre e sempre! Oh! bendito conforto para aqueles que agora choram pelos seus pecados.
CONCLUSÃO
As lágrimas do arrependimento têm rolado em sua face? Você se entristece por entristecer o Espírito Santo? Suas lágrimas são de revolta contra Deus ou de náusea pelo pecado?
Espero que você seja um dos que choram, porque a vontade de Deus é que você seja consolado.
Related Posts with Thumbnails